Melhores filmes de 2015*

que horas

Foi um bom ano.

Lista completa no link abaixo do Filmow!!! Estou prática em 2016.

http://filmow.com/listas/dadagaio-melhores-filmes-de-2015-l68486/

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Melhores Músicas de 2015*

adele

Fechando a cobertura musical de 2015. Tantas boas recordações. Cada ano que passa aparecem mais coisas novas e velhas legais. E tem de tudo nesta lista, todos os estilos possíveis… Sou dessas! E dê o play logo abaixo. Tem algumas pérolas que não saíram no Spotify mas aí fica difícil de administrar, né?

Aaaah… E Hello! Não tem Adele. Só curto essa capa mesmo.hahaha… Mas tem Grimes e Kendrick Lamar SIM!

spotify:user:1266265363:playlist:4gIGXR55A581BzdoEb3tWV

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Melhores albums de 2015*

Sou metida mesmo, não sou muodinha. Não tem Grimes ou Kendrick Lamar. Beijos!!!

Alabama Shakes – Sound & Color

Acordando bem acompanhada…
alabama-shakes-sound-and-color

Albert Hammond, Jr – Momentary Masters

O título diz um pouco. Strokes, mestres de nadinha.

Albert-Hammond-Jr-Momentary-Masters-Artwork

Autre Ne Veut – Age of Transparency

Amo o vozeirão com  o plano de fundo imprevisível.

ageoftransparencyalbumcover

Bill Orcutt & Jacob Felix Heule – Colonial Donuts

Barulhinho bótimo!!!

tumblr_no8y8nMSKm1qzf8yeo1_1280

Bleachers – Terrible Thrills, Vol II

Pop delícia que não tá na Billboard. Graças a dels!

Terrible-Thrills

Courtney Barnett – Sometimes I sit and think, and sometimes I just sit…

De acompanhar letrinhas e tudo…

1035x1035-MI0003835922

Deerhunter – Fading Frontier

Aparentemente bonito sem esforço, mas você sabe… hihihi

Deerhunter-Fading-Frontier-1024x1024

Dj Nigga Fox – Noite e Dia

BATICU

a0418801390_10

Domenique Dumont – Comme Ça

Descoberta desta semana. Trilha de rolé pra 2016.

a2031369735_10

DJ Qu – Redtones

Tuntz tuntz

 

maxresdefault (1)

Elza Soares – A mulher do fim do mundo

Tente fechar os olhos.

AMFM_capa-alta-2

EMA- #horror

EMA, minha filha, você tá tacando o terror mesmo.

4250506815820_600

fka twigs – M3ll155X

Ainda rendeu uma terceira temporada. Passada!

FkaTw_EP3

Jam City – Dream a garden

Desconstruindo jardins elétricos.

Jam_City_Dream_A_Garden_Cover_Art

Jenny Hval – Apocalypse, girl

A gata do indie mais ousadinha do anus.

sbr134-jennyhval-300_1024x1024

Joanna Newsom – Divers

A bruxinha ainda rende.

njyqskxair6lkaqrqo5p

Kamashi Washington – The Epic

Espírito destes tempos.

BFDNL050_The_Epic_HIGHRES

Kurt Vile – Believin Im going down

Folkerô de cu é rola.

KV_packshot_1024x1024

Laura Marling – Short Movie

Integridade artística é isso.

1035x1035-MI0003833746

Legowelt – Tondalayo

Dançando em outras constelações por aí…

hqdefault

Levon Vincent – Levon Vincent

Electroluxesa.

maxresdefault-2

Mahmed – Sobre a vida em comunidade

Fazendo faxina chapada.

mahmed

Marina and The Diamonds – Froot

Frutinha viciante.

marina-diamonds-froot-cover

Matana Roberts – Coin Coin Chapter Three: River Run Thee

Poderia ser o album do ano. Me arrepiei toda na primeira audição. Matadora!!!

CST110cover_573px

Meridian Brothers – Los Suicidas

Bailinho do futuro das entendidas.

a0264437539_10

Metá Metá – EP

Essa fonte ainda jorra…

metá metá ep

Oneohtrix Point Never – Garden of Delete

Sipassando restaurando arquivos na lixeira da área de trabalho.

oneohtrix-point-never-garden-of-delete-artwork

Peru Boom! Bass, Bleeps and Bumps from Peru’s Electronic Underground

Existe inferninho no Peru.

peru-boom-bass-bleeps-bumps-from-perus-electronic-underground-lp

Purity Ring – Another Eternity

Adoro a vozinha de fada com esta coisa pós-dubstep no fundo.

PurityRing_AnotherEternity

Remembering Mountains: Unheard Songs from Karen Dalton

Vozes lindas da vez homenageando a voz do século passado. Emocionante!!!

remembering-mountains-karen-dalton

Robyn & La Bagatelle Magique – Love is free

Se boite gay fosse legal tocaria coisas assim…

robyn-la-bagatelle-love-is-free-album

Shamir – Ratchet

Biluzinha do meu anus. Cosquinha.

shamir-ratchet

Siba – De baile solto

A bicha se encontrou novamente.

maxresdefault

Spires that in the sunset rise – Beasts in the garden

Ácido num jardim de Kurosawa.

a2967353673_16

Sufjan Stevens – Carrie & Lowell

Domingo de manhã de ressaca suavemente arrependida.

sufjan-stevens-carrie-lowell

The Phoenix Foundation – Give up your dreams

O Tame Impala tá virando grande, achei um substituto.

0005111293_10

Trupe Chá de Boldo – Presente

Brasilismos que diverte, né?

trupe

Tulipa Ruiz – Dancê

Agora sim, virou diva!

ficha_tecnica_dance-1

Viet Cong – Viet Cong

Post qualquer coisa aí que não é chatérrimooooooooo.

0004053794_10

Vince Staples – Summertime 06

O rapper que mete diretinho no anus.

33a9265391b2dcfc1f37a725f309746c.1000x1000x1

 

Dá pra escutar quase tudo aqui.

spotify:user:1266265363:playlist:4vgyvRXImQRJYdK5CcioWa

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Top videos 2015*

O blog anda meio abandonadinho. Mas continuarei ao menos minhas listas de fim de ano por aqui. Porque as outras redes sociais não são tão duradouras, né? Acho blog uma peça de museu hoje em dia, mas sei lá, me passa uma solidez. Nostalgia necessária, tenho um carinho especial por tudo isso…
Aqui vão os videos que mais me fizeram ‘sipassar’ em 2015.

charli-xcx-famous-music-video-1427130983-responsive-large-0

Aisha Devi – Mazda

Autre Ne Veut – Age of Transparency

Carly Rae Jepsen – I really like you

Charli XCX – Famous

Ciara – Dance Like We’re Making Love

David Bowie – Blackstar

Devonté Hynes and Neneh Cherry – He She Me

Father – Everybody in the club gettin shot

FKA twigs -­ Glass & Patron

Future Brown – Vernáculo ft. Maluca

IshDarr – Too Bad

Joanna Newsom – Sapokanikan

Kendrick Lamar – Alright

Lana Del Rey – High by the beach

Lower Dens – To Die In L.A.

M.I.A. – Borders

Missy Elliott – WTF (Where They From) ft. Pharrell Williams

Modest Mouse – Lampshades On Fire

Oneohtrix Point Never – Sticky Drama

PEACHES – Lights in places

Rabit – ‘Straps’

Rihanna – Bitch Better Have My Money

Róisín Murphy – Evil Eyes

Serge Erege – Rhythm of the day

Skrillex & Diplo – To Ü ft AlunaGeorge

Son Lux – “You Don’t Know Me”

SPOON “Inside Out”

Tame Impala – The less I know the better

The Chemical Brothers – Sometimes I Feel So Deserted

The Drums – “There is Nothing Left”

Tinashe – All Hands on Deck

Vince Staples – Senorita

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Ch ch ch ch ch changes…

1654211_608193162594761_496450095_n

Por falta de tempinho, mudei pro dadagaio.tumblr.com ,***

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Birdman [Birdman] EUA, 2014.

86065_gal

O filme mais ousadinho entre os indicados ao Oscar deste ano. O principal destaque aqui é a montagem, a câmera não pára um segundo e dá aquela impressão [ainda que falsa] de não haver cortes. Sem falar no ‘crescendo’ que bate um nervosão com breves pausas de percurso para aliviar. Ainda que o roteiro pegue a gente desprevenido nestes momentos de alívio… Que roteiro incrível com diálogos intensos que permitem ótima atuação do elenco. Até a Emma Stone [sim, eu era cismado com a zoiúda] está maravilhosa. Michael Keaton e Edward Norton fazem ótimos duelos. Amy Ryan e Lindsay Duncan estão soberbas em suas aparições, a primeira interpretando a ex-mulher do protagonista e a segunda como a crítica de teatro. O Michael Keaton interpreta um ator que fez sucesso como superherói no passado e que tenta salvar sua carreira em franca decadência investindo numa peça da Broadway. Tudo acontece nos bastidores da mesma. Além da crítica ao mundinho da fama infestado de egocêntricos, o filme toca em várias questões universais da vida de qualquer ser humano e ainda joga barro na nossa cara no que se refere à espetacularização de nossas vidas nos dias de hoje. Não tem como não se identificar. Destaque à trilha jazzy, dando um tom de improviso ao filme [um improviso forjado, claro].

Ficarei surpreso se este filme levar o Oscar de melhor filme. Filmes mais ousadinhos não costumam levar a melhor pela academia um tanto conservadora. Alejandro González Iñárritu está indicado como melhor diretor, fiquei um tanto WOW do diretor de filmes duvidosos como Babel partir para uma experiência como esta. Está de parabéns!

Avaliação. 4/5

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

O jogo da imitação [The imitation game] Inglaterra, 2014.

86065_gal

Mais um típico drama inglês de época, mas o ingleses sabem fazer isto tão bem… E a intenção aqui é deixar a gente REVOLTADINHA DA ESTRELA. Trata-se de uma cinebio do Alan Turing, o matemático cabeçudo e homossexual que durante a II Guerra criou uma máquina de decifrar códigos que mais tarde daria vida aos nossos computadores de hoje. O cara salvou milhões de vidas durante a guerra por conta de seu trabalho com a criptografia e logo a seguir é preso e condenado [ele é obrigado a tomar umas pílulas que o tornam impotente] por ser homossexual?! Na época era crime ser homossexual na Inglaterra, lembra do Oscar Wilde? E a gente sai do cinema revoltzzz porque já faz tanto tempo que esta [minha] minoria leva na cara e até hoje não se tem o devido respeito da sociedade em geral [aqui no Brasil vivemos nas trevas].

O filme está indicado ao Oscar de melhor filme e melhor várias outras coisas. Ainda torço por Boyhood como melhor filme mas se este levasse seria legal pela bandeira levantada [ainda que eu ache difícil levar]. E o Benedict Cumberbatch está incrível como o protagonista [e indicado ao Oscar] e a Keira Knightley só dá conta do recado [ela está linda na última cena em que aparece/indicada ao Oscar como melhor atriz coadjuvante]. O elenco de apoio tem monte de nomes incríveis e a produção toda está nos trinques.

E nada de pensar que trata-se de filme pra boiola. Não é tão sutil na temática ‘queer’ mas o filme engloba outras questões universais. E o que tinha de casal hétero no cinema… Beijos em todos estes lindos que me viram saindo do cinema aos prantos.

Avaliação: 4,5/5

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized