Uma relação delicada [Abus de Faiblasse] França, 2014.

barbara-2

Gentem, amo muito cinema francês por conta de não haver destes coitadismos com seus heróis/anti-heróis. A gente assiste a estes filmes oscarizados com pobrezinha sofrendo de Alzheimer [Still Alice] e musiquinha melosa ao funda… Poxa, neste aqui temos A MARAVILHENTA Isabelle Huppert interpretando uma diretora/escritora que sofre de uma paralisia [metade do corpo dela é inválido] e não satisfeita resolve se apaixonar por um bandido assumido.  Ela sabe que vai sifu mas se joga nesta paixão… Quem nunca se meteu numa roubada dessas? Eu mesmo me identifiquei bastante… hihihi… A tensão sexual entre as duas personagens é incrível. A Huppert está uma adorável deplorável e o cafuçu Kool Shen que faz o pilantra é muito gostoso. E Huppert é Huppert, pô. Uma pena que nos fins de ano ninguém dá muita bola pro cinema francês, porque certeza que este longa estará na minha tradicional listinha de melhores do ano.

Babado principal: o filme é inspirado em experiência pessoal da própria diretora, Catherine Breillat.

E o título em português foi bem infeliz. Ninguém se faz de vítima neste longa.

Avaliação: 4/5

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s