Uma canta, a outra não [L’Une chante, L’autre pas] França, 1977.

1900117_426254037521498_337280333_n

Cada dia mais passado e encantado com a cineasta Agnes Varda. Já está no top 10 melhores cineastas evaaaaaaaah [e só vi uns quatro filmes dela]. E este filme certeza que está no topo de FILME MAIS FEMINISTA EVAAAAAAAAAAH. E o melhor, é engajado sem encher o saco. Por uma vida com menos forçassão de barra e MAIS ESSÊNCIA. A trama cobre 14 anos de uma amizade que começa a partir de um aborto. A primeira é uma cantora hipponga engajadinha com a causa feminista e a segunda uma jovem mãe fodidinha da vida com dois filhos e casada com um fotógrafo suicida. Ao contrário do que parece, o filme é de uma leveza ímpar. E o final é o retrato mais belo de FAMÍLIA que vi em minha vida. Destaque aos musicais ímpares, você nunca verá nada igual na vida. E que músicas lindas, da própria cineasta.

E vamos quebrar este preconceito de que não existe amizade entre duas mulheres, preconceito bobo criado pelos homens para enfraquecer as mesmas. Que amizade mais linda a das lindinhas desta película.

Avaliação: 5/5

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s