Ida. Polônia, 2014.

86065_gal

A crítica está louvando esta película polonesa. Uma trama nada ingênua, uma noviça vai passar uns dias com a tia juíza [a fantástica Agata Kulesza] liberada pelo convento antes de fazer os votos de castidade. As duas vão abrir feridas [que envolve toda aquela vibe de ‘coitadismo’ de judeu]. O que vale é que a fotografia é FABULOSA e tem uma das cenas mais belas de suicídio do cinema. Filme dirigido por Pawel Pawlikowsk que já está sendo premiado mundão afora.

Curiosidade imdbística: o diretor descobriu a jovem protagonista, Agata Trzebuchowska, num café; e ao contrário de sua personagem no filme, ela é atéia na vida real, tá?

Avaliação: 4/5

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s