Palo Alto. EUA, 2014.

86065_gal

Realmente Gia Coppola é cria da tia, Sofia, ainda que ela fale mais do vovô Francis nas entrevistas. O filme é mais um belo retrato melancólico desta juventude contemps egocêntrica e carente. Claro que eu me identifiquei com o filme, já sou tia mas eu tenho andado horrores com estes ploc monstrinhos. Jack Kilmer, filho do Val Kilmer [que está um ogro e faz pontinha no filme], ama em segredo a Emma Roberts no coleginho,  muito amorego!!! Mas o EGOOOOO não deixaaaaaaaaaa [viu, Wanessa Camargo?]. Por mais que a película seja pretensiosa [nos indiesmos], o meu coração amoleceu… Fiquei torcendo pelo romancezinho. E me identifiquei muito com a lourinha especialista em boquetes. Ela dá uma prenda fantástica na personagem detestável do Nat Wolff [lembra do cego também chatinho de A culpa é das estrelas?], que interpreta o melhor amigo do Jack. E não dá pra não se encantar com a trilha indie [tem Blood Orange S2] e com a fotografia de uma Califórnia um tanto mais cinzenta/ocre/escura que o normal. E o James Franco faz pontinha fetichista no filme como treinador que pega as aluninhas, o filme é uma adaptação de um livro de contos do mesmo [metido.P]

Avaliação: 4,5/5

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s