Polyester. EUA, 1981.

arte van gogh

John Waters é mesmo um gênio. Nos tempos de hoje ele ainda consegue me deixar chocada. Viva o politicamente incorreto EXTREMO!!! Aqui, sua musa Divine interpreta novamente uma mãe de família caretérrima [como no clássico Hairspray], casada com um dono de cinema de putaria, mãe de uma loura vagaba grávida que faz de tudo pra perder o filho [muito vanguarda na temática do aborto, a guria tem as partes mais engraçadas e chocantes do filme] e de um pervertido que sente tesão em pisar no pé de transeuntes. Imagine aí esta confusão… Destaque à Mink Stole [também musa do diretor ao lado da drag protagonista] fantástica como a amante do marido e o canastrão gostoso do Tab Hunter.

Avaliação: 4/5

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s