Um gosto de mel [ A taste of honey] Inglaterra, 1961.

418659_519316548084413_78644579_n
Nunca tinha assistido nada da chamada ‘nouvelle vague inglesa’. Fiquei boquiaberto com esta produção, uma verdadeira pérola. Personagens marginalizadas sobrevivendo aos trancos e barrancos na sarjeta [alô, Dickens!]. Já quero mais do diretor Tony Richardson [só vi o último filme do cara, Céu Azul, que deu Oscar de melhor atriz pra Jessica Lange]. E interpretações arrebatadoras de Rita Tushingham [a protagonista tapada], Dora Bryan [a mãe da primeira, uma senhora de uma ‘certa cidade’ pra lá de oportunista] e Murray Melvin [gay/freakoso melhor amigo da protagonista]. Vários momentos de beleza e melancolia. Trilha sonora incrível de John Addison e fotografia preciosa de Walter Lassally. Beberam muito do neorealismo italiano também.
Levou Bafta de melhor filme, diretor, roteiro e Bryan como melhor atriz. Em Cannes, a Tushingham levou melhor atriz e o Melvin melhor ator.
Avaliação: 5/5

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s