Bent. Inglaterra, 1997.

1900117_426254037521498_337280333_n

Tido como dos melhores filmes de temática gay evaaaah e das poucas obras a retratar a vida de homossexuais em campos de concentração nazistas. O ator Sean Mathias dirigiu apenas esta pérola em sua carreira, adaptação de aclamada peça de Martin Sherman. O filme já começa com a Mick Jagger montadíssima de drag queen performando e as orgias rolando… E o Clive Owen beijando vários… Nunca pensei em vê-lo interpretando este tipo de personagem. E ele está ótimo e mais ainda está o seu parceiro de campo de concentração, Lothaire Bluteau, em performance fantástica. E o longa tem mensagem linda de orgulho gay no final, faz ótima crítica aos sistemas de governos em geral com a metáfora da pedra e achei incrível a proposta do sexo tântrico… Mmmm… Ainda tem ótimas pontinhas da Ian McKellen [que interpretou a personagem protagonista na peça de teatro] e do Jude Law [irreconhecível como um guarda nazi].

Premiado em Cannes.

Avaliação: 4/5

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em cinema

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s