Orlando. Inglaterra, 1992.

1900117_426254037521498_337280333_n

Filme irretocável de Sally Potter. Uma verdadeira obra de arte, você fica extasiado diante de tanta beleza. E investir em Tilda Swinton interpretando a famosa personagem andrógina de Virginia Woolf, que ousadia! E como a Tilda está mais bela que nunca e maravilhosa. E além de Tilda interpretar um ser andrógino, quem interpreta a personagem da Rainha Elizabeth é um homem?! Que bela sacada! E ainda tem o Billy Zane um tanto afetado como Shelmerdine. Obrigada, Potter! Obrigada, Woolf! E obrigada, Swinton!

Me sinto muito miserável para escrever sobre este filme. Só lamento que o longa esteja meio esquecido entre os cinéfilos.

Indicado ao Oscar nas categorias de melhor fotografia e direção de arte [de Be Van Os de Moça de brinco de pérola], levou o Bafta de melhor maquiagem e premiado em Veneza como melhor filme e diretor[a].

No Brasil, o título do filme ficou Orlando – A mulher imortal. Vergonha alheíssima!!! Enquanto Woolf foi uma visionária em relação à não-limitação do gênero, no Brasil castraram a idéia da escritora.

Avaliação: 5/5

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em cinema

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s