Madame Bovary. França, 1991.

86065_gal

Meu segundo filme do Claude Chabrol, um filme mais tardio de sua carreira. Assim como o Barba Azul, trata-se de um filme de época e sobre outro mito importante da cultura francesa: Emma Bovary, a Capitu francesa [quer dizer, a personagem francesa é infiel e dissimulada]. Esta adaptação do clássico do Gustave Flaubert [dos meus escritores favoritos] é das mais queridinhas do meio literário, dizem ser a mais fiel à obra original. Achei formidável [deu vontade de ler o livro again]! A reconstituição de época, o figurino [indicado ao Oscar na época], o tom seco do livro no filme. Isabelle Huppert está ridiculamente MA RA VI LHO SA como a protagonista. Parece que a gente consegue ler seus pensamentos em cada close, soberba!!! Só achei um pouco inadequada a duração de mais de duas horas. E tem mais uma adaptação deste clássico vindo por aí com a Mia Wasikowska como a protagonista. Espero me surpreender com a atriz, tá longe de ser uma Huppert. No mais, terá Paul Giamatti e Ezra Miller no elenco, já vale uma conferida.

Um dos poucos filmes do Chabrol que foi aclamado pela crítica e público. Destaque também à forte crítica social presente na trama.

Avaliação: 4/5

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em cinema

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s