Cutie and the boxer. EUA, 2013.

418659_519316548084413_78644579_n

Doc ultra sensível do jovem Zachary Heinzerling. A proposta foi seguir por algum tempo a família de artistas Shinohara. O pai, Ushio Shinohara, um oitentão que fez sucesso no momento de boom  da act painting [anos 70] em NYC. Sua esposa Noriko, também é uma brilhante artista [no caso, uma ilustradora] que passou sua vida à sombra do marido. Quando veio jovem para NYC se apaixonou pelo então quarentão Ushio e pela arte do cara, mas nunca pôde se dedicar ao seu próprio trabalho por conta do vício de alcool do marido e para cuidar do filho, que mais tarde também teria problemas com o alcool. Sempre a mulher leva o peso do mundo nas costas. Um doc sincero e comovente, muita sensibilidade do diretor, muito amor pela Noriko [ainda que eu tenha achado o trabalho do Ushio de mais vigor]. O doc é recomendado para quem ama arte [óbvio] e ainda serve de meditação para entender como funciona o mercado daz artsy e como vida de artista é cercada de sacrifício.

Indicado ao Oscar de melhor doc; foi o meu favorito da temporada, talvez até o meu favorito entre todos os indicados à premiação.

Avaliação: 4,5/5

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em cinema

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s