Morrer como um homem. Portugal, 2009.

418659_519316548084413_78644579_n

Como quase toda paixão, a minha por João Pedro Rodrigues não durou muito… Minha primeira decepção com o cara depois dos curiosos O Fantasma e Odete. Além do filme ser arrastado, que protagonista dopada… CHAMEM A VERA FISCHER, PLIS!!! Certeza que o diretor não estava muito bem… Na trama, Tonia é uma travesti/drag queen em fim de carreira [uma homenagem à nossa diva Tonia Carrero, tá?] que só leva patada do namô, da galera na boite em que trabalha e do fantasma do filho que ela abandonou… Contando assim, poderia sair uma tragicomédia DAQUELAS mas resultou num TÉDIO DE EXISTIR. Bato até palmas pro Almodovar por conseguir fazer algum drama interessante sobre as caricatas [eu prefiro as coisas mais absurdetes do diretor, ok?].

E Rodrigues, cadê a putaria estilizada e envolvente dos primeiros filmes? Cadê os boys magias? TÁ TUDO ERRADO!!!

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

2 Respostas para “Morrer como um homem. Portugal, 2009.

  1. indeciso se vou ou não assistir esse filme. não curti muito odete, apesar de me identificar pencas com a personagem. sei lá, até agora o fantasma reina.

  2. samdrade

    eu não recomendo!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s