Longe dela [Away from her] Canadá, 2006.

418659_519316548084413_78644579_n

Antes do aclamado Amor do Haneke, este filme aqui já havia tocado na temática do Mal de Alzheimer.  Esta película da Sarah Polley é bem mais simplória e menos cruel que o primeiro, mas não deixa de ser tão comovente. Morro de medo de sofrer do Mal Alzheimer, sou tão esquecido das coisas aos 34 anos, não tem como eu não me preocupar… O melhor do filme é o roteiro [da própria Polley] e a interpretação do casal de velhinhos protagonistas. Julie Christie e Gordon Pinsent estão fantásticos. Apesar da bela Christie [vovó gata] ter sido indicada ao Oscar de melhor atriz, curti bem mais a performance do ator. Ainda tem a querida da Olympia Dukakis [oscarizada por O feitiço da lua] de coadjuvante. O tom e o ritmo lembram os filmes mais tardios do Bergman. Detestei a luz saturadonna em vários momentos [Katia Cega] e a montagem deixa a desejar mas a diretora/atriz parece já ter evoluído neste aspecto em seus filmes mais recentes [amei seu último Take this waltz com a Michelle Williams]. E a trilha só tem clássicos do Neil Young, é amor demais!

Polley fez o filme pra Christie, que não levou o Oscar mas ficou com o Globo de Ouro de melhor atriz.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em cinema

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s