Alucinação sensual [Kagi] Japão, 1959.

86065_gal

Meu primeiro filme do Kon Ichikawa, e nossa, chocado! Este cara deveria ser muito perverso. Tudo muito pensadinho em geral, planos precisos, nada fora do lugar. E que maquiagem transgressora, cada personagem parece uma aberração diferente. Agora, é um filme que vai agradar a cinéfilo open-minded, não é pra qualquer um. O ritmo é slow… O pai de uma família desconfiado de que sua mulher o trai com seu médico oferece a mão da filha para o último. Climão! Só faltou a sensualidade do título em português… hehehe

Tirou o Globo de Ouro de melhor filme estrangeiro de Morangos Silvestres do Bergman, aí me chateei…

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em cinema

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s