Argo. EUA, 2012.

nana-hurricane_sandy-8

Tanto auê ao redor deste filme. Longe de ser um dos melhores do ano, apenas acima da média.

O melhor do filme é o argumento. Coisa mais inacreditável esses prisioneiros políticos em plena Revolução do Irã serem salvos por uma missão hollywoodianna. Sim, é inspirado em fatos reais. Argo é o nome da operação e do filme fictício que a galera do Affleck [ex-agente da Cia] usa para salvar os tais refugiados americanos. Sim, eu já sabia que o lindinho do Ben Affleck tinha talento pra direção [curti o thriller The town], até mais que pra ator. Mas quer fazer cinema sério e político? Então PARE DE QUERER BANCAR O GUY RITCHIE descolado e engraçadinho. O clima do filme tá nervosão e bem Costa Gavras e então corta e entra uma música pop com carrões e caras de visual retrô andando na maior malandragem. Não precisamos, neah?

Destaque ao Alan Arkin roubando a cena como um ator decadente e possível produtor do filme fictício. Piadinhas ótimas de Hollywood. E o roteirista, o novato Chris Terrio]  joga piadinhas até para o Affleck. Um filme  espertinho e vigoroso aqui e ali, e a intro e o final bate um nervosão.

*

Preciso de férias no Irã, ô terra pra ter boy magia negra. Uiuiui!

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em cinema

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s