Kes. Inglaterra,1969.

Como eu nunca tinha ouvido falar dessa obra-prima do Ken Loach [do intenso Meu nome é Joe]? É o primeiro filme do cara e dá de pau nos últimos lançamentos do cineasta super elogiados nos festivais de cinema afora. Na trama, Casper é um jovem pobre de família desestruturada e que sofre bocados na escola [época da palmatória] e que encontra paz apenas em seu gavião de estimação. O filme parece um pedaço de realidade de tão sutil. O menininho que interpreta o Casper, David Bradley [levou o Bafta de melhor ator iniciante], dá um show.  E fotografia e música supremas! Não tem como não se comover. Pura poesia, ainda que bastante pessimista. JÓIA RARA!

*

Curiosidades by Imdb:  as crianças que apanharam de palmatória no filme ganhavam um plus por palmada no cachê; e na cena final da revolta do Casper, todo o drama do ator é real.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em cinema

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s