O dublê do diabo [The devil’s double] Bélgica, 2011.

Filme irregular principalmente por conta misturar indevidamente clichês de vários gêneros: cinebiografia, filme de ação, estilismos pop,  trashismos. A trama é até curiosa, inspirada na relação do filho do Saddam Hussein, Latif Yahia, com o seu suposto sósia. Assim como o ditador, seus filhos varões também tinham sósias. E então fica a pergunta no ar: será que o Saddam que morreu era o legítimo?

Lee Tamahori é nada menos que diretor de um monte de filmes de ação, tipo O vidente. Não é de esperar muita coisa, filme raso… O melhor de tudo é o desafio que deram ao Dominic Cooper [de A duquesa], meio que fazendo Ruth e Raquel na atuação, num tem? E que bofinho gostosooooooooo, MIANOSSA!!! MIABANA!!! MIESTRUPA!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkk  Uma pena que nenhuma das personagens do gato passem por uma transformação, ficou naquele dualismo MEU BEM, MEU MAL. Se este filme caísse em outras mãos poderia sair um filmaço!!! Me lembrou muito A outra face rolando no oriente, num tem?

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em cinema, Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s