Assassinos [The Killers] EUA, 1946.

Já tinha assistido e nem lembrava mais… Um clássico esquecível, pode?

Inspirado em conto do Ernest Hemingway, mas optaram por um roteiro em flashback, daí eu sou cismado com flashbacks, me sinto burra, fico entediada etc. Mas não dá pra negar que o filme é bem realizado. Fotografia exuberante, closes estupendos do belíssimo Burt Lancaster [estreando no cinema e tornado-se uma estrela a partir de então] e da Ava Gardner [segundo Jean Cocteau, O MAIS BELO ANIMAL DO MUNDO]  toda posando de femme fatale noir.  Charmoso também o verdadeiro protagonista do filme, o Edmond O’Brien, em alguns cartazes nem mencionam o nome do cara – o Lancaster e Gardner estão mais para coadjuvantes.

A sequência inicial é tida como das melhores da história do cinema, e realmente dá pra sentir muito que inspirou a turminha pós-Tarantino. Aliás, o filme perde um pouco de encanto por conta de tantas réplicas por aí.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em cinema

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s