ExistenZ. EUA, 1999.

Existenz passou despercebido em seu ano de lançamento,  mesmo ano em que foi lançado Matrix e a inspiração dos dois filmes são basicamente a mesma: Neuromancer do William Gibson.  Existenz é um Matrix mais indie, e parece se focar mais no universo dos games.  E olha que eu não sou mesmo um fã de video games [só do da Lana Del Rey.kkk]. E o David Cronenberg [do grotesco A mosca e do sádico Crash – Estranhos Prazeres, obrigatórios!] ainda tinha um quê de doentio neste filme [a gente ama], muitas daquelas criaturinhas gosmentas e cenas de bater um tesão… O que é aquele orificiozinho que fazem nas personagens? kkkk

Falando em tesão, a Jennifer Jason Leigh está muito sexy como a geniosa criadora do game, pago pau pra ela desde sempre. Musa indie total [well, a atriz foi muito importante na minha fase de descobertas…], amei o cabelo de macarrão e a bolsa de patins da gatan. E um quase estreante Jude Law de virgemzinho de vizoo muito Tin Tin.

Well, já tenho meu filme nérdico preferido!  Destaque ao final insaNNo.

*

Premiado em Berlim.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em cinema

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s