O ovo da serpente [Serpent’s egg] Alemanha, 1977.

O filme menos bergmaniano do Bergman. Estranho o Bergman filmando na Alemanha e filme falado em inglês, ainda que tenha sua musa Liv Ullmann. Liv Ullmann e David Carradine são o destaque do filme, conseguem atingir uma profundidade subterrânea em suas interpretações [e que close ups!]. O filme se passa em Berlim nos anos 20 antes do domínio nazi e o diretor conseguiu nos passar a idéia de opressão do período. O filme é muito carregado [como todos os filmes do Bergman] mas tão silencioso, faltou mais clareza no conflito das personagens. Também senti falta daqueles diálogos existenciais  e cortantes do diretor. O melhor texto fica para o desfecho, senti até pitada de homoerotismo. E curti as apresentações camps no cabaré onde a personagem da Ullmann trabalha.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em cinema

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s