J. Edgar. EUA, 2011.

J. Edgar é a versão americana e gay de Dama de Ferro. Interpretação burocrática de Leonardo DiCaprio, roteiro perdidão. Aqui tem o plus [negativo] do filme ser muito escuro, talvez uma tentativa de disfarce para a maquiagem fail [muitos disseram que a maquiagem tombou o filme]. Medo do lindo do Armie Hammer de velhinho. E que voz, a do Armie!!! Sim, o DiCaprio tá ótimo e ele se solta bem mais que a Streep, que ficou contidoNNa.

Eu estava super na expectativa pelo filme mas não foi desta vez que fizeram um filme à altura do mito Hoover… Para quem não sabe, J. Edgar Hoover foi o cara que criou o FBI, uma bee enrustida [e assexuada?] pós-esquizofrênica de tão metódica [e daz perseguida] que se travestia nos momentos de folga. E será que o Clint Eastwood tá caducando também, filme bem mediano. Ao menos, o diretor machão fez um filme respeitoso de temática gay, né? [exageray mesmo!]

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em cinema

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s