Cemitério Maldito [Pet Sematary] EUA, 1989.

Filme de terror esquecidinho… E sei lá, deveria permanecer esquecidinho… Ainda que a película seja dirigida por uma mulher!?  Mary Lambert é a diretora deste filme e sua sequência. Talvez por isso meio que senti uma brincadeira com os gêneros, o pessoal ainda não se tocava para estas coisas na época. A tal morta-viva da Zelda, por exemplo, ela lembra mais uma travesti. Lembrei até do livro do Lúcio Cardoso, A crônica da casa assassinada. Livrão difícil que tem uma personagem gay que vive trancafiada numa fazenda.

Não sou lá muito fã de Stephen King e aqui o filme ainda é adaptado por ele mesmo. Essa estória de literário adaptando para o cinema quase sempre não dá certo [F. Scott Fitzgerald foi o primeiro a fracassar neste sentido]. A direção de elenco é sofrível. O ator protagonista, Dale Midkiff, é um gato mas muito inexpressivo e a menininha do filme é a pentelha mais chata que eu já vi. E  eu percebi que a intenção da diretora é fazer a gente se afeiçoar mais com os mortos-vivos do que com os humanos, como em Frankenstein da Mary Shelley. E ela parece que não tem muita piedade dos humanos, assim como eu… Aaah, a maquiagem dos mortos-vivos merecem destaque.

E peguei a sequela bem no meio, me pareceu bem mais interessante que o primeiro dirigido também pela mesma diretora. A trilha sonora é de muito grunge [o filme é de 1992] e os garotinhos protagonistas da película parecem fãs da Britney [um deles é o Edward Furlong – o garotinho andrógino de O Exterminador do Futuro 2 – a cara da Tilda Swinton]. Gamei no morto-vivo interpretado pelo Clancy Brown [do mais recente Cowboys & Aliens]

E sim, a trama: uma família jovem se muda para uma casinha no Maine de frente à uma rodovia super perigosa  pertinho de um cemitério de bichinhos aka um cemitério indígena. Quem é enterrado por lá volta morto-vivo, num tem? Muita imaginação do Stephen King.

*

Descobri que a tal Mary Lambert dirigiu nada menos que os videos Borderline, Like a Virgin e Like a Prayer da Madonna. Arrasou! A Madonna já fazia aquilo que a Gaga faz hoje, trabalhar com minorias. A primeira popstar a acordar para isto.

**

E o Dee Dee Ramone levou o prêmio Razzie de pior trilha sonora com a sequela do filme.

***

Não esperava falar tudo isso sobre este filme. Pode ser divertido… Bote um ae!

Anúncios

1 comentário

Arquivado em cinema

Uma resposta para “Cemitério Maldito [Pet Sematary] EUA, 1989.

  1. sherman

    Bom cada um tem sua opinião não é mas acho que não sabe o que está falando.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s