Sombras [Shadows] EUA, 1959.

Inacreditavelmente sincero. A vida tem dessas surpresas… Eu nunca vi um filme tão cool em toda a minha vida. John Cassavetes abusou do estilo em sua primeira produção. A trama é meio que um esboço do dia-a-dia de três irmãos descendentes de negros: um é negro, o outro mulato e a moça é meio branquela. Eu digo esboço porque antes dos créditos finais surge uma explicação de que o filme é resultado EXCLUSIVO de IMPROVISAÇÕES!? Fiquei 300xs com cara de pêsssego. A trilha sonora jazzística [falando em improviso] é perfeita, o exagero dos closeups desde a abertura já nos dá um toque de que virá algo peculiar a seguir. E o climinha beat no ar e as referências de um legítimo filho da Nouvelle Vague. OBRIGATÓRIO!

O filme custou 40.000 dólares e só passou a ser distribuído nos Estados Unidos depois de ser premiado em Veneza.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em cinema

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s