O Casamento de Maria Braun [Die Ehe der Maria Braun] Alemanha, 1979.

Fiz as pazes com o Fassbinder com o Despair [perfeeeeitooo] e aqui já achei este chatinho. Claro que a crítica que o diretor faz à instituição casamento é louvável.  Hanna Schygulla [premiada em Berlim] como a protagonista também é de um charme. Mas o tom do filme é tão frívolo que perdi o interesse no mesmo.

Maria Braun só ficou casada durante um dia e meio.  Depois de se casar no meio da guerra [literalmente, o casamento acontece numa praça no meio de um tiroteio] e o marido ir lutar na mesma, Maria vai usar de todo o seu charme e sedução para se dá bem na vida, fugindo de todas as ordens que lhe são impostas durante sua jornada. Não vou contar mais da trama para não perder  mais da graça. O texto é o grande trunfo do filme.

Premiado pelo júri em Berlim.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em cinema

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s