Bom trabalho [Beau Travail] França, 1999.

Mais uma experiência única de Claire Denis. Muito homoerotismo na missão de uma legião do exército francês na África. E como a cineasta conhece bem este universo [a cineasta descendente de franceses viveu na África], ela soube dosar muito bem do simbolismo. Cenas de africanos “livres”  contrastando com cenas de soldados brancos trabalhando feito escravos na tal legião. Ou soldados com afazeres extremamente femininos… A fotografia não tem como não ser linda com aquelas locações. A música é perfeita, vai de ópera de Benjamin Britten a Corona [é sério, um dos momentos mais legais do filme]. Momentos de dança contemps, já que a diretora é tida como uma das referências em trabalhar o corpo no cinema. E o filme é muito bem realizado, só achei o ritmo um pouco lento.

A diretora foi premiada em Berlim por este filme.

*

Obs.: O filme é uma adaptação livre de Billy Budd do Herman Melville. Já quero uma conferida!

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em cinema

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s