Lanterna Verde [Green Lantern] EUA, 2011.

Tá, eu fui assistir por conta do super trailer em 3D recheado de lasers e por causa do Ryan Reynolds também.hehehe

Se vale a pena?

A montagem e o roteiro são das coisas mais constrangedoras do ano. Os efeitos em 3D só são legais no trailer, não senti um laser vindo em direção a mim durante o filme. Quanto ao Reynolds… Poxa, ele de cuequinha em 3D VALE A PENA SIM!!!! kkk

A idéia do Planeta Oa poderia ser tão bem explorada. Adorei a pluralidade envolvendo a população do mesmo [senti um homoerotismo marcante na personagem do Mark Strong, meio diabolim], mas faltou sensibilidade entre todos os envolvidos com o roteiro. E o mais interessante é que tinham SETE ROTEIRISTAS ENVOLVIDOS!  Assim, eu nem culpo as atuações canastronas do Reynolds, Blake Lively [como ela perdeu seu sexy appeal toda morena] e Tim Robbins. Ainda que o Peter Sarsgaard tenha uma ótima performance como o vilão, ele rouba a cena mesmooooo. E a sua maquiagem também está ok, lembrando a do Eric Stoltz em Marcas da vida [lembra do dramalhão com a Cher?]. Outra coisa legal foi rever a sumida Angela Bassett, toda trabalhada no botox. A trilha sonora também é HORRENDA. E o bom-mocismo irrita em alguns momentos envolvendo principalmente a super vontade do Lanterna em salvar a pele do Senador americano interpretado pelo Robbins. Eu aproveitaria era para matar!  E bolar um duelo final mais interessante seria tão mais difícil assim para os sete roteiristas?

Pórran!

Eu não caio mais em papo de trailers de filmes em 3D.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em cinema

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s