Gaviões e passarinhos [Uccellacci e uccellini] Itália,

O filme mais chato que eu assisti mais recentemente. Pai, filho e um corvo falante perambulam pela Itália – e também pelo tempo – discursando contra a Igreja e o capitalismo. Um Pier Paolo Pasolini soando mais repetitivo e  cansativo evaaaah de tão alegórico. Também cansei do elenco de atores não-profissionais de sempre em seus filmes. A grande exceção deste filme é o tal Totò, que interpreta o pai da trama, com um quê de clown bem carismático. No mais, a fotografia em p&b é exuberante e também a trilha do Ennio Morricone merece destaque.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em cinema, Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s