100 rifles. EUA, 1969.

Baixei este filme porque vi num doc da VH1 que foi a primeira película que mostrou um negro ‘traçando’ uma branquela. Também ‘gostei’ do negão e vi que tinha no elenco meu tio master magia, Burt Reynolds. Corri!

Eu achava que o filme seria uma merda ‘daquelas’, e não foi uma bela surpresa? Tudo bem que o filme não é lá muito obrigatório… Mas quem curte cineastas moderninhos como Tarantino e Rodriguez e um western digno, o filme é uma boa pedida. O filme é rápido, super fotografia, edição e montagem, uma pena que o roteiro dê algumas furadas. E a mensagem é bem a favor da diversidade. Jim Brown, ator negro de ação que fez sucesso nos EUA nos 70s, interpreta um homem da lei que vai atrás de um assaltante mestiço de índios no México, o Reynolds, que gastou o dinheiro todo em rifles para liderar uma revolução no seu país contra um general ditador que dizimava índios sem piedade. O tal do Brown não é lá muito expressivo, mas ele super comove na tal cena em que ele ‘pega’ a Rachel Welch, que interpreta uma gata massa selvagem também descendente dos índios. O Reynolds tá puro charme, todo suado e sujinho de terra. Mianossa! Além das falhas do roteiro, a maioria dos índios são mal caracterizados, muitos são branquelos de perucon. Uiuiui! Também faltou mais química entre o Brown e o Reynolds.

E agora deu vontade de baixar toda a filmografia de porcarias que o caricato do Reynolds fez… Sou apaixonada por este cafajeste!

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em cinema

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s