A paixão de Joana D’arc [La Passion de Jeanne d’Arc] EUA, 1927.

Assisti a este filme hoje de manhã e logo depois tenho notícias da morte da Amy Winehouse. Ô vida de martírios!

Impressionante como este filme é moderno até para os tempos atuais. Uma produção minimalista e baratinha mas com uma fotografia e atuações tão perfeitas… O que são os closes na Joana D’arc? E nos deparamos com cada enquadramento ousado.  Você jura que o filme não é de 1927! Um clássico obrigatório de Carl Theodor Dreyer que sempre está em todas as listas legais de melhores de todos os tempos.  Você nunca mais esquecerá o rosto de Renee Maria Falconetti. Ainda não esquecem a questão da mulher como alteridade, lembrando que a Joana se travestia de soldado em sua época.

E o natural emociona milhões de vezes mais que efeitos especiais. Verdade imbatível!

*

Os diretores de vários clipes do Smashing Pumpkins e Marilyn Manson chuparam muito deste filme. E será se a Sinead O’Connor raspou a cabeça ou rasgou a bíblia depois de assistir a esta película?

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em cinema

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s