Manhattan. EUA, 1979.

Nova Iorque é pura poesia nessa trama de Woody Allen. Sim, a cidade é a protagonista do filme diante às cenas de Manhattan[fotografia em p&b absurda!] e os encontros e desencontros amorosos sempre presentes nos filmes do diretor. E que texto fascinante, Woody Allen no ápice de sua boa forma! O final é muito esperto, a cena lá do Allen com a leeeeeeeeeenda da Mariel Hemingway. E a porra do Allen ainda faz um risinho escroto pra câmera. Eu não acredito muito em gênios, mas o Allen quase chega lá. Tá, eu sou fã do cara e mesmo as últimas ‘porcarias’ dele são melhores que a maioria das coisas ‘bacanas’ de hoje.
E o elenco, como sempre, de primeira… Além da Hemingway ainda tem a Diane Keaton e Meryl Streep belíssimas e também escrotinhas.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em cinema

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s